Buscar
  • Vetsaoboaventura

Gripe Canina

Atualizado: 27 de Ago de 2019

Gripe canina

Você sabia que o seu cão também pode ficar gripado? Isso mesmo! Gripado. Coriza no nariz, febre, tosse, vontade de não sair do lugar o dia todo... Enfim, uma chatice só. E assim como a nossa gripe, a gripe canina – mesmo não sendo considerada uma doença grave – pode evoluir para um quadro mais complicado como o de uma pneumonia, por exemplo. Felizmente, essa doença não é uma zoonose. Em outras palavras, a gripe canina não é transmitida de animais para seres humanos e vice-versa.



Como o vírus da gripe canina é contraído?

Nesse quesito a gripe canina é semelhante a quase todas as doenças virais pois pode ser transmitida tanto pelo ar como por contato através de corpos e roupas infectados com o vírus. Tendo isso em vista, se o seu cão frequenta lugares públicos como parques e hotéis de cachorro a atenção com a gripe canina deve ser redobrada. É aconselhável nesses casos, buscar uma maneira de prevenir a doença. Com relação às outras formas de contágio por contato, fica realmente muito difícil de prevenir o seu cão de contrair a doença pois eles cheiram e lambem, ou seja, encostam em quase tudo. Logo, é você, tutor, que tem de estar bastante atento ao seu percurso cotidiano. Passou na casa de algum amigo que tinha cachorro? Chegue em casa e vá logo pro chuveiro, guarde a roupa no cesto e só depois pense em ir falar com o seu amigo de quatro patas. Lavar as mãos sempre é bem vindo também. Mas isso é pra vida. Não é só pra evitar a gripe canina. ;)


E quais são os sintomas?

Quando falamos no nosso blog sobre os sintomas, falamos sempre da mesma maneira. É preciso olhar o quadro como um todo. A tosse por exemplo está presente em diversas doenças. O mesmo ocorre para febre, perda de apetite, etc. Nomearemos abaixo os sintomas da gripe canina com a orientação de que você esteja sempre atento a mudanças de comportamento do seu peludinho. Notando algum sinal diferente o melhor a se fazer é procurar um veterinário para que um exame mais completo possa ser feito. Os sintomas mais correntes da gripe canina são:

• Tosse

• Espirros

• Secreção nasal (coriza)

• Olhos lacrimejantes

• Febre

• Letargia

• Perda de apetite

• Dificuldade de respirar

• Respiração rápida (em geral curta e com ruídos, devido à secreção)



Consequências da gripe canina

Geralmente a gripe canina acomete o cão de maneira não tão perigosa, causando danos leves e facilmente tratados. O perigo está em negligenciar a doença e achar que ela pode passar sozinha assim como muitas vezes agimos com relação a nós mesmos. Dependendo da condição imunológica do seu cão, a gripe pode se agravar podendo causar:

• Pneumonia

• Letargia extrema

• Febre acima de 40 graus


A importância da vacinação na prevenção da gripe canina


A Clínica veterinária São Boaventura conta com a vacina BronchiGuard. Trata-se de uma vacina injetável que pode ser adicionada ao programa de vacinação do seu melhor amigo de quatro patas. Se o tutor optar por adicioná-la, a primeira vacinação do seu peludinho ocorrerá em duas doses, com intervalo de duas a quatro semanas entre elas. Já o reforço que deverá ser feito anualmente, ocorrerá em apenas uma dose.




A Manutenção da integridade do sistema imunológico do seu peludinho através de uma boa alimentação também é de suma importância na prevenção da gripe canina. A suplementação também pode ser uma opção a ser oferecida pelo veterinário. Dúvidas? Venha nos visitar! E lembre-se: jamais tome conclusões sem a consulta de um veterinário.

© Desde 1981

  • Veterinária São Boaventura
  • Veterinária São Boaventura